Deputada estadual delegada Adriana Accorsi critica privatização da Celg e qualidade do serviço prestado pela Enel

A deputada estadual Delegada Adriana Accorsi, líder do Partido dos Trabalhadores na Assembleia Legislativa, usou do Pequeno Expediente durante a sessão ordinária, para criticar a privatização da Companhia Energética de Goiás (Celg) e a qualidade do serviço prestado pela atual empresa, a Enel.

A deputada estadual Delegada Adriana Accorsi, líder do Partido dos Trabalhadores na Assembleia Legislativa, usou do Pequeno Expediente durante a sessão ordinária, para criticar a privatização da Companhia Energética de Goiás (Celg) e a qualidade do serviço prestado pela atual empresa, a Enel.

“Eu, por muitas vezes subi aqui nessa tribuna para falar do risco que corríamos ao privatizar esse patrimônio dos goianos. Mas, essa Casa aprovou a privatização com o meu voto em contrário”, lembrou a deputada em seu discurso.

Adriana destacou que o lucro da empresa aumentou em 14 vezes se comparado o período de 2017 e 2018. Enquanto isso, os investimentos realizados na melhoria dos serviços diminuíram em R$ 80 milhões no mesmo período.

“O lucro aumentou desse tanto porque é isso que uma empresa privada almeja. Ela não pensa em servir ao público. A sociedade, de modo geral, está sofrendo com a falta de energia”, declarou Adriana Accorsi.

Deixe seu comentário
Siga-nos e compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *