REPÚDIO À DEMISSÃO DE 3.100 SERVIDORES TEMPORÁRIOS DA PREFEITURA DE GOIÂNIA

Projetos de Lei 2019

Durante o Pequeno Expediente da sessão remota do dia 15 de abril, propus aos colegas parlamentares que se unam para tentar impedir que a Prefeitura de Goiânia demita mais de 3 mil trabalhadores temporários, a maioria da Educação, mulheres que sustentam muitas vezes sozinhas os seus lares. A Justiça concedeu liminar a ação movida pelo Sintego, garantindo pelo menos o pagamento dos salários do mês de abril a estes trabalhadoras e trabalhadores, mas a situação é grave e precisa ser contornada. Minha solidariedade a todas e a todos os servidores temporários da Prefeitura de Goiânia atingidas e atingidos por esse decreto da fome assinado pelo prefeito Iris Rezende.

Deixe seu comentário
Siga-nos e compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *