Deputada Adriana Accorsi realiza audiência pública para debater a violência nas escolas

Audiência pública “Entre os muros da Escola”

Na última segunda-feira (17/6), em parceria com a deputada federal Érika Kokay (PT-DF), a deputada estadual Delegada Adriana Accorsi realizou importante audiência pública “Entre os muros da Escola”, para debater os fatores motivadores da violência no ambiente escolar.

O debate discutiu soluções para evitar ataques como o ocorrido na cidade de Valparaíso de Goiás, no dia 30 de abril, onde o coordenador do Colégio Estadual Céu Azul, Júlio Barroso, foi morto a tiros por um adolescente de 17 anos.

Para a deputada Adriana Accorsi a segurança no ambiente escolar é um dos maiores desafios que a sociedade enfrenta atualmente e é preciso unir forças.

A mesa foi composta pela deputada federal Erika Kokay (PT-DF); o deputado federal Rubens Otoni(PT-GO); o gerente de segurança escolar Marcos Rabelo Holanda Camargo, representante da secretária estadual de Educação, professora Fátima Gavioli; o vereador do município de Goiânia Álvaro da Universo; comandante do Batalhão Escolar, tenente-coronel Marcos Luciano Alves de Lima; o segundo-tenente Moreira, representante do Comando do Batalhão de Ensino da Polícia Militar; o delegado Rogério Santana, representante do delegado-geral da Polícia Civil, Odair José Soares; a presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Goiás, Bia de Lima; e o deputado estadual Coronel Adailton (PP).

Também estiveram presentes a presidente do Partido dos Trabalhadores professora Kátia Maria, a companheira Ieda Leal, representando a CUT Goiás, a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação e o Movimento Negro Unificado; o presidente da Câmara Municipal de Nova Veneza, vereador Reginaldo Tavares; estudantes e professores do Cesam.

Todas as sugestões e propostas farão parte de um relatório, que posteriormente será encaminhado às autoridades competentes e estará disponível à população.

Deixe seu comentário
Siga-nos e compartilhe:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *